NR 33 - Segurança em Espaços Confinados

Capacitação para trabalhadores autorizados, vigias e supervisores de entrada em
ESPAÇOS CONFINADOS
Treinamento em dois módulos (16 h + 24 h) totalizando 40 h

asdg

Para  o cumprimento da NR 33 – Norma Regulamentadora nº 33, sobre Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados, instituída através da Portaria MTE nº 202, de 22 de dezembro de 2006 (DOU 27/12/2006).

 

Objetivo:

          Capacitar os trabalhadores que exercem atividades em espaços confinados ou interajam nestes ambientes conforme determina a  NR 33.

 

Público Alvo:

           Trabalhadores que exercem atividades em espaços confinados ou interajam nestes ambientes, trabalhadores da CIPA e profissionais dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), assim como todos os trabalhadores autorizados, vigias e supervisores de entrada em espaços confinados e demais que  irão assinar a permissão de entrada e trabalhos em espaços confinados.

 

Conteúdo Programático:

Módulo 1 – carga horária de 16 horas
Noções sobre trabalho em espaços confinados conforme a NR 33
a) definições;
b) reconhecimento, avaliação e controle de riscos;
c) funcionamento de equipamentos utilizados;
d) procedimentos e utilização da permissão de entrada e trabalho 
e) noções de resgate e primeiros socorros
f) equipamento de proteção individual e coletiva

"Capacitação obrigatória para os trabalhadores autorizados e vigias, conforme item 33.3.5.4 da NR 33."

sdf

 

Módulo 2 – carga horária de 24 horas
Capacitação para supervisores de entrada sobre trabalho em espaços confinados conforme a NR 33

a) identificação dos espaços confinados;
b) critérios de indicação e uso de equipamentos para controle de riscos;
c) conhecimentos sobre práticas seguras em espaços confinados;
d) legislação de segurança e saúde no trabalho;
e) programa de proteção respiratória;
f) área classificada;
g) operações de salvamento;
h) riscos em espaços confinados;
g) noções de ventilação em espaços confinados;
h) atmosferas explosivas.

"Capacitação obrigatória para os supervisores de entrada, conforme item 33.3.5.5 da NR 33."
"Requisito: ter cursado o módulo 1 previsto no item 33.3.5.4 da NR 33."